quarta-feira, dezembro 01, 2004

teste

pra não morrer

dois

quinta-feira, abril 03, 2003

site do mês

SURRA.ORG

Ainda tá dando vários paus.
Falta terminar o lado direito do template.
Cores e tons ainda em testes.
E o logo. É, mané, vai ter um logo também.
Mas foda-se, o melhor jeito de aperfeiçoar é usando mesmo.
Está sendo inaugurado oficialmente essa obra inacabada:



Aqui, morreu. Atualize seu link.
E não quero ver esse preto com laranja e azul tão cedo...
.
.
.
.
.

quarta-feira, abril 02, 2003

exuberância irracional

Esse mercado tá impossível!
Já fazia uns dois anos que eu não trabalhava desse jeito.
Ao mesmo tempo, o novo Surra já está em testes. Devido ao corre-corre, estão cancelados temporariamentes os planos de atentados anti-guerra.

terça-feira, abril 01, 2003

**** ATENÇÃO *****

Ketelhuth e Nessuno: favor não postarem nada até segunda ordem (ui!).
89FM

Pois bem.
Era mesmo PRIMEIRO DE ABRIL
primeiro de abril?

89FM, a radio rock a radio disco

Parece que foi pro saco.
"Dancing Queen", "Disco Inferno", "Staying Alive" e outras bizarrices do gênero foram ouvidas durante o dia.
Nenhum locutor está dizendo mais "a radio rock".
O site, fora do ar, está com o logo diferente e promete voltar às 18 horas. Fodeu.
A Kiss FM tá meia boca. Muita setentice chata pro meu gosto.
A Brasil 2000 tá uma merda sem tamanho há muito tempo.
E no Rio (por mais incrível que pareça) os caras tem só pra eles a "MALDITA" FLUMINENSE FM com uma maravilhosa programação de rock a todo vapor. Que inveja!
Bem, não virando radio evangélica, já tá bom.
Amém.
Fifa adia jogos entre Iraque e Vietnã

Queria ver quem seria o engraçadinho a soltar o primeiro rojão...
Parreira é homenageado em Portugal

Mas é claro. O cara foi o responsável pela façanha de o Brasil perder pra Portugal depois de vinte e poucos anos... homenagem mais que justa!

segunda-feira, março 31, 2003

TEXTZ.COM
Textos, situacionismo, anarquia, hakim bey, cyber punk fiction, borges, pk dick, kafka, pynchon, etc, etc
geo-política

Rio-Babilônia é coisa dos 80´s.
Rio-Bagdá é que é a onda...
boicote

E então começou a aparecer um monte de produto estranho lá em casa:

- Não estou comprando mais produtos de marcas inglesas e americanas, estou procurando marcas alternativas.
- Ah, tá, legal! Posso então jogar fora esses malditos sabonetes ingleses da Lush?
- Da Lush nãããããããã...
WWW.SURRA.ORG vem aí. Aguardem.
procurando sarna

Alguém aí já tem as fotos da XVI GIOVANNA - FGV realizada nesse sábado?
hipercrisia

É, talvez essa guerra valha a pena mesmo, afinal a "coalizão" diz que ela servirá para derrubar Saddam e trazer a liberdade e a democracia aos iraquianos.

Democracia? Liberdade? Qual?

Peter Arnett é demitido da NBC após entrevista

Essa daqui?

rebeldia

Pizza é o caralho!
Transgressor que é transgressor pede comida chinesa domingo à noite em casa. E olha que nem do China In Box era.
E tem profissão mais micada que ser motoboy de comida chinesa delivery em pleno domingo à noite ? Imagina o cara lá, sentado na moto a noite inteira, olhando seus colegas da pizzaria ao lado faturarem horrores, em sua longa e tediosa esperança que um louco qualquer resolva comer frango xadrez com banana caramelada.
domingón do edredón

Nas únicas quatro horas acordadas do dia de ontem - da noite de ontem, melhor dizendo - deu ao menos pra assistir a dois filmes legais.
Um ótimo filme de baixo orçamento, o BAGDAD CAFÉ, 1988
O outro, apesar do alto orçamento e grande elenco (Charlton Heston, Ava Gardner, Victoria Principal), uma bosta de filme, mal interpretado e de direção pavorosa, mas nem por isso menos divertido e bizarro: TERREMOTO - 1974.
3 parágrafos numa segunda-feira
(inicio meio Cony) Poucas certezas levarei adiante dessa vida, embora as tenha procurado com maior ou menor intensidade durante todo o tempo disponível. Entre elas, e por estranha ironia, entendi que certezas são raras, ocasionais. (cultura pop nesse trecho) Mais ainda, assisti o filme “Solaris” ontem e tem (+ ou -) a frase: “a vida não é feita de respostas, mas de opções”. (pergunta pro leitor, com sentido ambíguo) Qual foi a última vez que você usou sua capacidade de optar?

(introdução ao tema central) Por outro lado, também descobri que gosto de ajudar pessoas. (exemplificar) Um dia, estava andando à toa quando vi um senhor cego, que agitava sua bengala pra todos os lados, numa esquina. Parei pra pensar e depois lhe perguntei se precisava de ajuda. Ajudei ele a chegar em casa, ele agarrado no meu ombro. Me senti muito feliz. (apresentar idéia legal, metáfora) O que mais me alegrou, entretanto, não foi tê-lo ajudado. Mas ter ajudado alguém que jamais seria capaz de me reconhecer. Poderia conduzi-lo durante anos de volta pra casa... e todo o dia ele passaria por mim sem me reconhecer, cego.

(acabar com a ilusão de bondade) Nesse mesmo dia, fui pro centro, na região da Praça da República. Estava comprando CDs de bandas que pouca gente conhece, R$50,00, R$60,00 num disco importado que eu vou ouvir 2 vezes na vida. E eu vi aquilo. Num poste de luz, desses de metal, tinha uma garotinha de 6-7 anos de idade, agarrada como um bichinho assustado, sozinha. Eu vi aquilo e franzi o cenho, pensei que porra é essa... e se fosse eu com 6-7 anos de idade? E fui embora, como todo mundo vai. Queria arrancar meu coração pela boca quinze minutos depois. Por que não ajudei a garotinha, se eu sabia que ela precisava de ajuda?
Não pode ser normal alguém dormir 40 das últimas 48 horas...